Genial Care

Pesquisar
Dias
Horas
Minutos
Brinquedos sensoriais

Conheça 3 brinquedos sensoriais para fazer em casa

Para crianças com autismo, explorar o mundo por meio dos sentidos pode ser fundamental para o desenvolvimento e a interação.

Os brinquedos sensoriais desempenham um papel muito importante, oferecendo estímulos táteis, visuais, sonoros e cinestésicos (estímulos recebidos pelo tato, movimento, pelas sensações), que ajudam a criar experiências sensoriais enriquecedoras.

Brinquedos assim, são projetados para atender às necessidades específicas das crianças com autismo, proporcionando uma maneira segura e divertida de estimular os sentidos, promover a calma, a concentração e o engajamento sensorial.

Quer conhecer mais sobre alguns brinquedos sensoriais e aprender como fazê-los para divertir sua criança em casa? Continue nesse texto!

Quais são os brinquedos sensoriais?

Mulher balançando criança em sala sensorial numa unidade Genial Care. Esse balanço é considerado é um dos Brinquedos sensoriais das unidades.

Os brinquedos sensoriais abrangem uma variedade de objetos e atividades que estimulam os sentidos das crianças. Eles são projetados para proporcionar experiências táteis, visuais, sonoras, olfativas e até mesmo gustativas.

Ao oferecer uma ampla gama de texturas, cores, sons e formas, esses brinquedos não apenas entretêm, mas também apoiam o desenvolvimento cognitivo, emocional e motor, proporcionando oportunidades valiosas para aprendizado e interação positiva.

Aqui estão alguns exemplos:

  • Brinquedos táteis: texturas variadas, como pelúcia, borracha macia, bolinhas de massagem, massinha de modelar, areia cinética, tecidos com diferentes texturas, entre outros.
  • Brinquedos visuais: luminárias de projeção de luzes coloridas, brinquedos com movimentos, objetos brilhantes, brinquedos com formas e cores contrastantes, painéis de atividades visuais, entre outros.
  • Brinquedos sonoros: instrumentos musicais simples, chocalhos, brinquedos que emitem sons suaves, caixas de música, livros interativos com botões sonoros, entre outros.
  • Brinquedos cinestésicos: balanços, escorregadores, trampolins pequenos, brinquedos que estimulam o movimento, como cordas para pular, argolas, entre outros.
  • Brinquedos olfativos/gustativos: brinquedos com cheiros agradáveis, como bolas aromatizadas, kits de aromaterapia para crianças, ou atividades que envolvam o uso de massas de modelar com aromas diferenciados.

Estes são apenas alguns exemplos, e a diversidade é enorme.

Além disso, muitos brinquedos sensoriais são adaptáveis para crianças típicas e atípicas, proporcionando estímulos e experiências que podem ser benéficas para o desenvolvimento sensorial de todas as crianças.

Quais os brinquedos sensoriais para autismo?

Os brinquedos sensoriais para crianças com autismo são cuidadosamente selecionados para oferecer estímulos táteis, visuais, sonoros e cinestésicos adaptados às necessidades sensoriais individuais.

Estes brinquedos incluem objetos de manipulação, como fidgets e cubos de atividades, projetores de luzes suaves, brinquedos com sons reconfortantes, texturas variadas em pelúcias, borrachas ou tapetes sensoriais, além de opções como balanços suaves e redes sensoriais para estimulação cinestésica.

A ênfase está em proporcionar estímulos controlados e reconfortantes, ajudando as crianças autistas a regular suas sensações, reduzir a ansiedade e promover a concentração e interação positiva, de acordo com suas preferências individuais

Como os brinquedos sensoriais auxiliam no desenvolvimento da criança com TEA?

Terapeuta ocupacional interagindo com menina por meio de brinquedos sensoriais em uma mesa.

Os brinquedos sensoriais desempenham um papel fundamental no desenvolvimento da criança com autismo de diversas maneiras, entre elas:

Estimulação sensorial controlada

Esses brinquedos oferecem estímulos sensoriais controlados, ajudando a criança a processar e regular suas sensações. Isso é fundamental para indivíduos com autismo, que podem ser hipersensíveis ou hipossensíveis a certos estímulos sensoriais.

Promoção do conforto e redução da ansiedade

Algumas crianças com autismo enfrentam desafios relacionados à ansiedade e desconforto sensorial. Os brinquedos sensoriais oferecem estímulos reconfortantes, ajudando a criança a se acalmar e a lidar melhor com situações estressantes.

Estímulo à concentração e interação

Ao oferecer experiências sensoriais agradáveis e envolventes, esses brinquedos podem ajudar a criança a se concentrar por períodos mais longos.

Além disso, muitos brinquedos sensoriais são excelentes para promover interações sociais positivas, seja brincando com os pais, terapeutas ou outras crianças.

Desenvolvimento cognitivo e motor

Brinquedos sensoriais frequentemente incentivam a exploração e o uso de habilidades motoras finas e grossas. Eles também podem estimular o pensamento criativo e a resolução de problemas, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo.

Apoio ao desenvolvimento emocional

Ao oferecer sensações reconfortantes e positivas, os brinquedos sensoriais podem ajudar a criança a regular emoções e a se engajar em atividades que promovam o bem-estar emocional.

Ou seja, esses brinquedos são projetados para atender às necessidades sensoriais específicas das crianças com autismo, proporcionando estímulos adaptados que promovem o conforto, a concentração, a interação social e o desenvolvimento global, ao mesmo tempo, em que auxiliam na regulação sensorial e emocional.

Dica de 3 brinquedos sensoriais para fazer em casa

Separamos 3 dias com brinquedos sensoriais para fazer em casa. Confira:

Chocalho

O chocalho é um brinquedo sensorial que estimula a percepção auditiva e rítmica, além de auxiliar a desenvolver a coordenação motora e, é claro, ser um momento especial entre você e a sua criança.

Para fazer você vai precisar de: uma garrafa de plástico, e mini objetos que fazem barulho, como miçangas, grãos de arroz, feijão e o que a sua imaginação mandar. Para montar, não tem segredo: é só colocar os mini objetos que você escolheu dentro da garrafa, fechar bem e tá pronto!

@genialcare Respondendo a @Dayane Da Silva Já que vocês pediram, voltamos com um vídeo tutorial para fazer um brinquedo sensorial! A lista está nos comentários 👇 #brincadeiras #brinquedossensoriais #brinquedosautismo ♬ Aesthetic – Tollan Kim

Garrafa sensorial

Este brinquedo ajuda no desenvolvimento de habilidades motoras finas da sua criança, que são super importantes para autonomia em tarefas do dia a dia, como, por exemplo, escovar os dentes ou usar os talheres. Além disso, ele pode promover uma experiência relaxante às crianças.

Para construir, você vai precisar de uma garrafa vazia com tampa, água, corante alimentício, glitter, miçanga ou lantejoulas. Primeiro você vai encher a garrafa até quase a borda, em seguida, coloque algumas gotinhas de corante, seguido do glitter e os outros itens que você escolheu.

Depois é só completar com água, mas deixando um espacinho vazio e agitar bem! Você pode adicionar mais glitter se quiser, deixando do jeitinho que a sua criança gosta.

@genialcare Mais um #DIY do objeto sensorial indicado pela Fonoaudiologia Luciana Mie, vamos aprender? 💫 Apesar do processo de construção da garrafa promover o desenvolvimento da coordenação motora, essa garrafa sensorial também é indicada para atividades calmantes e relaxantes 😴 #objetossensoriais #brinquedossensoriais #brinquedosautismo ♬ Emerald (Lofi) – Muspace Lofi

Cobrinha com tampinha de garrafa PET

Esse brinquedo pode ajudar no desenvolvimento sensorial da criança, especialmente em relação à coordenação motora e ao tato.

Ao manusear a “cobrinha”, as crianças precisam usar habilidades motoras finas para controlar o movimento da corrente e para segurar as tampas de garrafa. E as tampinhas de garrafa podem fornecer uma sensação tátil diferenciada, já que as crianças podem sentir a textura e o formato enquanto brincam.

Para construir, use barbante e tampas de garrafa coloridas. O primeiro passo é fazer um furinho no meio de todas as tampinhas, depois você vai passar o barbante entre todas elas, deixando enfileiradas.

Por último, faça o nó nas duas extremidades, e está pronta a sua cobrinha! Ficou com dúvida? É só assistir o vídeo abaixo:

@genialcare Vem aprender a fazer mais um objeto sensorial muito divertido! Chegou a vez de construir essa cobrinha fofíssima 🐍 💫 E aí, qual você gostou mais de aprender a fazer? Conta pra gente nos comentários! #brinquedossensoriais #brinquedosautismo ♬ Glowing Sea – Muspace Lofi

E se você quiser ver mais conteúdos desse tipo, não deixe de nos seguir no TikTok!

Conclusão

Os brinquedos sensoriais desempenham um papel fundamental no cotidiano das crianças com autismo, proporcionando um ambiente controlado e acolhedor para explorar e interagir com estímulos sensoriais.

Ao oferecerem uma ampla gama de experiências táteis, visuais, sonoras e cinestésicas adaptadas às necessidades individuais, esses brinquedos não apenas oferecem entretenimento, mas também contribuem significativamente para o desenvolvimento cognitivo, emocional, social e motor dessas crianças.

A individualidade é fundamental ao selecionar brinquedos sensoriais, já que cada criança com autismo têm preferências e necessidades únicas.

No entanto, a essência permanece: esses brinquedos são mais do que ferramentas de diversão; são facilitadores essenciais que promovem o conforto, a regulação sensorial, a interação positiva e o crescimento em todas as áreas, oferecendo oportunidades valiosas para aprendizado, exploração e engajamento significativo.

Quer saber mais sobre a importância do brincar para crianças com autismo? Acesse o vídeo em nosso canal do YouTube:

Conheça nosso atendimento para autismo

Esse artigo foi útil para você?

Por que precisamos do Dia do Orgulho Autista? Conheça o estudo retratos do autismo no Brasil 2023 | Genial Care Dia Mundial do Meio Ambiente: natureza e a interação de crianças TEA Pessoas com TEA tem direito ao Benefício de prestação continuada (BPC)? Cássio usa camiseta com número em alusão ao Autismo Câmara aprova projeto que visa contratação de pessoas autistas Marcos Mion visita abrigo que acolhe pessoas autistas no RS Existem alimentos que podem prejudicar a saúde de pessoas autistas? Escala M-CHAT fica de fora da Caderneta da Criança O que são níveis de suporte no autismo? Segunda temporada de Heartbreak High já disponível na Netflix Símbolos do autismo: Veja quais são e seus significados Dia Mundial de Conscientização do Autismo: saiba a importância da data Filha de Demi Moore e Bruce Willis revela diagnóstico de autismo Lei obriga SUS a aplicar Escala M-chat para diagnóstico de autismo Brinquedos para autismo: tudo que você precisa saber! Dia internacional das mulheres: frases e histórias que inspiram Meltdown e Shutdown no autismo: entenda o que significam Veja o desabafo emocionante de Felipe Araújo sobre seu filho autista Estádio do Palmeiras, Allianz Parque, inaugura sala sensorial Peça teatral AZUL: abordagem do TEA de forma lúdica 6 personagens autistas em animações infantis Canabidiol no tratamento de autismo Genial Care recebe R$ 35 milhões para investir em saúde atípica Se o autismo não é uma doença, por que precisa de diagnóstico? Autismo e plano de saúde: 5 direitos que as operadoras devem cobrir Planos de saúde querem mudar o rol na ANS para tratamento de autismo Hipersensibilidade: fogos de artifício e autismo. O que devo saber? Intervenção precoce e TEA: conheça a história de Julie Dutra Cezar Black tem fala capacitista em “A Fazenda” Dia do Fonoaudiólogo: a importância dos profissionais para o autismo Como é o dia de uma terapeuta ocupacional na rede Genial Care? O que é rigidez cognitiva? Lei sugere substituição de sinais sonoros em escolas do Rio de janeiro 5 informações que você precisa saber sobre o CipTea Messi é autista? Veja porque essa fake news repercute até hoje 5 formas Geniais de inclusão para pessoas autistas por pessoas autistas Como usamos a CAA aqui na Genial Care? Emissão de carteira de pessoa autista em 26 postos do Poupamento 3 séries sul-coreanas sobre autismo pra você conhecer! 3 torcidas autistas que promovem inclusão nos estádios de futebol Conheça mais sobre a lei que cria “Centros de referência para autismo” 5 atividades extracurriculares para integração social de crianças no TEA Como a Genial Care realiza a orientação com os pais? 5 Sinais de AUTISMO em bebês Dia das Bruxas | 3 “sustos” que todo cuidador de uma criança com autismo já levou Jacob: adolescente autista, que potencializou a comunicação com a música! Síndrome de asperger e autismo leve são a mesma coisa? Tramontina cria produto inspirado em criança com autismo Como a fonoaudiologia ajuda crianças com seletividade alimentar? Genial Care Academy: conheça o núcleo de capacitação de terapeutas Como é ser um fonoaudiólogo em uma Healthtech Terapeuta Ocupacional no autismo: entenda a importância para o TEA Como é ser Genial: Mariana Tonetto CAA no autismo: veja os benefícios para o desenvolvimento no TEA Cordão de girassol: o que é, para que serve e quem tem direito Como conseguir laudo de autismo? Conheça a rede Genial para autismo e seja um terapeuta de excelência Educação inclusiva: debate sobre acompanhantes terapêuticos para TEA nas escolas Letícia Sabatella revela ter autismo: “foi libertador” O que é discalculia e qual sua relação com autismo? Rasgar papel tem ligação com o autismo? Quem é Temple Grandin? | Genial Care Irmãos gêmeos tem o mesmo diagnóstico de autismo? Parece autismo, mas não é: transtornos comumente confundidos com TEA Nova lei aprova ozonioterapia em intervenções complementares Dicas de como explicar de forma simples para crianças o que é autismo 5 livros e HQs para autismo para você colocar na lista! Como é para um terapeuta trabalhar em uma healthcare? Lei n°14.626 – Atendimento Prioritário para Pessoas Autistas e Outros Grupos Como fazer um relatório descritivo? 7 mitos e verdades sobre autismo | Genial Care Masking no autismo: veja porque pessoas neurodivergentes fazem Como aproveitar momentos de lazer com sua criança autista? 3 atividades de terapia ocupacional para usar com crianças autistas Apraxia da fala (AFI): o que é e como ela afeta pessoas autistas Por que o autismo é considerado um espectro? Sala multissensorial em aeroportos de SP e RJ 18/06: dia Mundial do orgulho autista – entenda a importância da data Sinais de autismo na adolescência: entenda quais são Diagnóstico tardio da cantora SIA | Genial Care Autismo e futebol: veja como os torcedores TEA são representados MMS: entenda o que é o porquê deve ser evitada Tem um monstro na minha escola: o desserviço na inclusão escolar Autismo e esteriótipos: por que evitar associar famosos e seus filhos Diagnóstico tardio de autismo: como descobrir se você está no espectro? Autismo e TDAH: entenda o que são, suas relações e diferenças Eletroencefalograma e autismo: tudo que você precisa saber Neurodivergente: Saiba o que é e tire suas dúvidas Como ajudar crianças com TEA a treinar habilidades sociais? Prevalência do autismo: CDC divulga novos dados Show do Coldplay: momento inesquecível para um fã no espectro Nova temporada de “As Five” e a personagem Benê Brendan Fraser e seu filho Griffin Neuropediatra especializado em autismo e a primeira consulta Dia da escola: origem e importância da data comemorativa Ecolalia: definição, tipos e estratégias de intervenção Park Eun-Bin: descubra se a famosa atriz é autista Síndrome de Tourette: entenda o que aconteceu com Lewis Capaldi