Genial Care

Pesquisar
Dias
Horas
Minutos
imagem da sala multissensorial no aeroporto de congonhas-sp

Conheça a sala multissensorial inaugurada nos aeroportos de Congonhas-SP e Santos Dumont-RJ

Espaços muito movimentados e com um fluxo grande de pessoas, como os aeroportos, são cheios de ruídos, estímulos visuais intensos e multidões. Para pessoas com autismo, esses ambientes podem causar uma sobrecarga sensorial, tornando a experiência de viajar extremamente desafiadora.

Pensando nisso, os aeroportos de Congonhas em São Paulo e Santos Dumont no Rio de Janeiro, inauguraram nesta segunda, 19 de junho, uma sala multissensorial para facilitar a experiência de pessoas neurodivergentes enquanto aguardam seus voos nos terminais de embarque.

A iniciativa é uma excelente maneira de oferecer um ambiente acolhedor, seguro e confortável para que famílias com crianças no espectro, por exemplo, possam evitar crises e desregulações emocionais durante o período.

Neste artigo você vai entender melhor a importância de uma sala multissensorial e como ela pode melhorar a experiência de viagem para pessoas com autismo.

Sala multissensorial para pessoas neurodivergentes nos aeroportos

A inauguração da sala multissensorial no dia 19 de junho é uma iniciativa do governo para ampliar a inclusão e facilitar a experiência de pessoas neurodivergentes em viagens. Ambos os espaços foram abertos um dia após a comemoração do Dia Mundial do Orgulho Autista, com equipamentos que seguem as metas globais da ONU — Organização das Nações Unidas — de desenvolvimento social.

As salas são equipadas com iluminação especial, mobiliário projetado para garantir tranquilidade e conforto e também painéis de atividades. Além disso, o ambiente conta com bolas iluminadas, projetores de vídeos e efeitos especiais e também uma máquina de bolinhas de sabão.

painel de atividades da sala multissensorial de congonhas sp
Divulgação: Infraero

Em Congonhas, o menino autista Lorenzo, de 9 anos, demonstrou entusiasmo ao cortar a faixa da sala multissensorial, dizendo “Luzes, câmera, ação!”. Ao lado do ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, o pequeno, enquanto esperava, sentou em poltronas que parecem os assentos do avião, e logo perguntou: “Vamos viajar hoje?”.

menino em uma piscina de bolinhas na sala multissensorial
Divulgação: Infraero

Com isso, a mãe de Lorenzo lembrou do primeiro voo em família e contou que a experiência foi bastante desafiadora. Assim, “é fundamental essa mudança de cenário para inclusão de crianças no espectro”, continuou ela.

Inicialmente, o funcionamento da sala multissensorial é feito para até 16 crianças por sessões, com horários das 5h às 23h, que será alterado conforme demanda dos aeroportos. O ministro conta que será feito um convênio com a prefeitura de São Paulo para que alunos autistas das escolas municipais visitem o espaço mesmo se não forem viajar.

Ele declarou que serão adaptadas cadeiras de rodas elétricas, e essa iniciativa é uma das principais metas do Governo Federal para tornar a aviação muito mais acessível para todas as pessoas.

Para utilização das salas nos aeroportos, os responsáveis devem procurar os balcões das companhias aéreas para serem acompanhados e orientados sobre o ambiente. Em Congonhas, a sala multissensorial fica na sala de embarque, perto do portão 4. Já no Rio de Janeiro, ela fica no terminal de embarque, logo após o raio-X.

A importância de uma sala multissensorial para pessoas no espectro

Para pessoas com autismo, a sala sensorial é um local fundamental para lidar com a sobrecarga sensorial comum em ambientes com muitos estímulos. Esse ambiente é capaz de proporcionar um espaço tranquilo, reduzindo a ansiedade.

Além disso, os estímulos sensoriais suaves presentes em salas multissensoriais ajudam a regular o processamento sensorial, evitando a sobrecarga. As luzes e sons suaves, bem como os objetos táteis proporcionam uma experiência agradável e reconfortante.

Como as salas sensoriais são ambientes seguros e controlados, elas permitem que as pessoas com autismo tenham liberdade de explorar e interagir com elementos de acordo com suas necessidades individuais, promovendo a autonomia e o autocuidado.

A deputada estadual de SP, Andréa Werner, comentou em seu Twitter sobre o convite que recebeu do ministro Márcio França para conhecer a sala multissensorial de Congonhas e acompanhar a inauguração. Ela afirma que o espaço vai acolher bem demais os autistas.

Além disso, o presidente da Infraero, Rogério Barzellay, ressaltou a importância de atualizar sempre a infraestrutura dos aeroportos, para que cada vez mais pessoas se sintam confortáveis de estarem nesses lugares. Ele também lembrou que já existe uma sala sensorial em Vitória (ES), e o objetivo é ampliar novos espaços.

inauguração da sala multissensorial de congonhas sp
Divulgação: Infraero

Conheça as Unidades Genial Care de São Paulo com sala sensorial

terapeuta e criança em sala multissensorial
Sala multissensorial Genial Care

Aqui na Genial Care, entendemos a importância da sala multissensorial nos atendimentos da terapia ocupacional para as intervenções das crianças com autismo, já que proporcionam estímulos sensoriais controlados, um ambiente calmante e atrativo, o desenvolvimento de habilidades e a promoção da autonomia e autogerenciamento, contribuindo para o progresso terapêutico e o bem-estar geral.

Dessa forma, equipamos nossas Casas Geniais, as unidades clínicas espalhadas por São Paulo, com salas sensoriais para cada atendimento. Nelas nosso time clínico tem equipamentos para garantir os estímulos adequados e proporcionar bem-estar das crianças que estão em intervenção.

terapeuta e criança em sala multissensorial
Sala multissensorial Genial Care

Além de ser um momento lúdico (e divertido) para a criança, com tantas cores e formas para explorar e descobrir, também contribui muito para o desenvolvimento de habilidades e repertório da pessoa no espectro.

Nossas unidades Genial Care estão nos seguintes endereços:

Zona Oeste

• Av. São Gualter, 1734 – Alto de Pinheiros

Zona Sul

• Av. Vergueiro, 1645 – Paraíso
• Av. das Nações Unidas 13797 – Morumb

Zona Leste

• Rua Coronel Estevam Lopes de Camargo, 89 – Tatuapé

Zona Norte

• Rua Felipe Gadelha, 129 – Santana

fachada de uma unidade Genial Care
Fachada de uma unidade Genial Care

Conclusão

As salas sensoriais são importantes espaços que proporcionam um ambiente inclusivo, estimulante e adaptado às necessidades sensoriais das pessoas neurodivergentes, promovendo seu bem-estar emocional, autonomia, interação e aprendizagem.

As inaugurações nos aeroportos de Congonhas-SP e Santos Dumont-RJ representam um marco significativo na inclusão de pessoas com autismo. Elas oferecem momentos seguros e tranquilos, onde famílias e crianças com TEA podem encontrar alívio da sobrecarga sensorial e ter uma experiência de viagem mais agradável.

Iniciativas como essa são maneiras de inspirar outros espaços públicos a adotarem medidas semelhantes, tornando o mundo mais inclusivo e acessível para todos.

 

Conheça nosso atendimento para autismo

Esse artigo foi útil para você?

Cássio usa camiseta com número em alusão ao Autismo Câmara aprova projeto que visa contratação de pessoas autistas Marcos Mion visita abrigo que acolhe pessoas autistas no RS Existem alimentos que podem prejudicar a saúde de pessoas autistas? Escala M-CHAT fica de fora da Caderneta da Criança O que são níveis de suporte no autismo? Segunda temporada de Heartbreak High já disponível na Netflix Símbolos do autismo: Veja quais são e seus significados Dia Mundial de Conscientização do Autismo: saiba a importância da data Filha de Demi Moore e Bruce Willis revela diagnóstico de autismo Lei obriga SUS a aplicar Escala M-chat para diagnóstico de autismo Brinquedos para autismo: tudo que você precisa saber! Dia internacional das mulheres: frases e histórias que inspiram Meltdown e Shutdown no autismo: entenda o que significam Veja o desabafo emocionante de Felipe Araújo sobre seu filho autista Estádio do Palmeiras, Allianz Parque, inaugura sala sensorial Peça teatral AZUL: abordagem do TEA de forma lúdica 6 personagens autistas em animações infantis Canabidiol no tratamento de autismo Genial Care recebe R$ 35 milhões para investir em saúde atípica Se o autismo não é uma doença, por que precisa de diagnóstico? Autismo e plano de saúde: 5 direitos que as operadoras devem cobrir Planos de saúde querem mudar o rol na ANS para tratamento de autismo Hipersensibilidade: fogos de artifício e autismo. O que devo saber? Intervenção precoce e TEA: conheça a história de Julie Dutra Cezar Black tem fala capacitista em “A Fazenda” Dia do Fonoaudiólogo: a importância dos profissionais para o autismo Como é o dia de uma terapeuta ocupacional na rede Genial Care? O que é rigidez cognitiva? Lei sugere substituição de sinais sonoros em escolas do Rio de janeiro 5 informações que você precisa saber sobre o CipTea Messi é autista? Veja porque essa fake news repercute até hoje 5 formas Geniais de inclusão para pessoas autistas por pessoas autistas Como usamos a CAA aqui na Genial Care? Emissão de carteira de pessoa autista em 26 postos do Poupamento 3 séries sul-coreanas sobre autismo pra você conhecer! 3 torcidas autistas que promovem inclusão nos estádios de futebol Conheça mais sobre a lei que cria “Centros de referência para autismo” 5 atividades extracurriculares para integração social de crianças no TEA Como a Genial Care realiza a orientação com os pais? 5 Sinais de AUTISMO em bebês Dia das Bruxas | 3 “sustos” que todo cuidador de uma criança com autismo já levou Jacob: adolescente autista, que potencializou a comunicação com a música! Síndrome de asperger e autismo leve são a mesma coisa? Tramontina cria produto inspirado em criança com autismo Como a fonoaudiologia ajuda crianças com seletividade alimentar? Genial Care Academy: conheça o núcleo de capacitação de terapeutas Como é ser um fonoaudiólogo em uma Healthtech Terapeuta Ocupacional no autismo: entenda a importância para o TEA Como é ser Genial: Mariana Tonetto CAA no autismo: veja os benefícios para o desenvolvimento no TEA Cordão de girassol: o que é, para que serve e quem tem direito Como conseguir laudo de autismo? Conheça a rede Genial para autismo e seja um terapeuta de excelência Educação inclusiva: debate sobre acompanhantes terapêuticos para TEA nas escolas Letícia Sabatella revela ter autismo: “foi libertador” Divulgação estudo Genial Care O que é discalculia e qual sua relação com autismo? Rasgar papel tem ligação com o autismo? Quem é Temple Grandin? | Genial Care Irmãos gêmeos tem o mesmo diagnóstico de autismo? Parece autismo, mas não é: transtornos comumente confundidos com TEA Nova lei aprova ozonioterapia em intervenções complementares Dicas de como explicar de forma simples para crianças o que é autismo 5 livros e HQs para autismo para você colocar na lista! Como é para um terapeuta trabalhar em uma healthcare? Lei n°14.626 – Atendimento Prioritário para Pessoas Autistas e Outros Grupos Como fazer um relatório descritivo? 7 mitos e verdades sobre autismo | Genial Care Masking no autismo: veja porque pessoas neurodivergentes fazem Como aproveitar momentos de lazer com sua criança autista? 3 atividades de terapia ocupacional para usar com crianças autistas Apraxia da fala (AFI): o que é e como ela afeta pessoas autistas Por que o autismo é considerado um espectro? Sala multissensorial em aeroportos de SP e RJ 18/06: dia Mundial do orgulho autista – entenda a importância da data Sinais de autismo na adolescência: entenda quais são Diagnóstico tardio da cantora SIA | Genial Care Autismo e futebol: veja como os torcedores TEA são representados MMS: entenda o que é o porquê deve ser evitada Tem um monstro na minha escola: o desserviço na inclusão escolar Autismo e esteriótipos: por que evitar associar famosos e seus filhos Diagnóstico tardio de autismo: como descobrir se você está no espectro? Autismo e TDAH: entenda o que são, suas relações e diferenças Eletroencefalograma e autismo: tudo que você precisa saber Neurodivergente: Saiba o que é e tire suas dúvidas Como ajudar crianças com TEA a treinar habilidades sociais? Prevalência do autismo: CDC divulga novos dados Show do Coldplay: momento inesquecível para um fã no espectro Nova temporada de “As Five” e a personagem Benê Brendan Fraser e seu filho Griffin Neuropediatra especializado em autismo e a primeira consulta Dia da escola: origem e importância da data comemorativa Ecolalia: definição, tipos e estratégias de intervenção Park Eun-Bin: descubra se a famosa atriz é autista Síndrome de Tourette: entenda o que aconteceu com Lewis Capaldi 10 anos da Lei Berenice Piana: veja os avanços que ela proporcionou 7 passos para fazer o relatório descritivo da criança com autismo Diagnóstico tardio de autismo: conheça a caso do cantor Vitor Fadul