Genial Care

Pesquisar
Dias
Horas
Minutos
menina juntando peças coloridos em uma mesa

Como funciona o tratamento de autismo na Porto Seguro Saúde?

Compreendemos que o momento em que uma família recebe o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA) em uma criança é bastante desafiador e carregado de emoções, até mesmo com quebra de expectativas do futuro.

É importante lembrarmos que o laudo não significa um futuro ruim, apenas diferente do que foi imaginado, e que as preocupações precisam ser entendidas para serem superadas. Nesse sentido, as buscas por tratamento, a qualidade dos serviços e os custos associados podem pesar muito sobre os pais e pessoas cuidadoras.

Consequentemente, muitas famílias que acabaram de receber o diagnóstico buscam convênios que possam ser verdadeiros aliados, entregando as melhores intervenções para a criança no espectro, visando garantir o bem-estar e a qualidade de vida de seus filhos.

Afinal, esse é um recurso essencial para cuidar da integridade emocional e do desenvolvimento de todos os membros da família. É nessa hora, que surgem dúvidas sobre como funciona o tratamento de autismo na Porto Saúde Seguro e como sua rede credenciada contempla as intervenções de TEA para os beneficiários.

Para ajudar você, neste artigo, vamos explorar o funcionamento do tratamento de TEA para aqueles que têm o plano de saúde Porto Seguro Saúde, abordando as principais questões relacionadas a essa operadora e à sua parceria com a Genial Care. Acompanhe a leitura e obtenha informações detalhadas sobre o assunto!

O que é autismo?

autismo-infantil

Primeiramente, é importante entender que o Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um transtorno do neurodesenvolvimento caracterizado por dificuldades na comunicação e interação social e pela presença de padrões de comportamentos restritos e repetitivos.

As causas do autismo ainda vem sendo estudadas, mas já sabemos que a genética tem um papel fundamental no desenvolvimento do transtorno, assim como fatores ambientais. Um estudo recente identificou 134 novos genes ligados ao TEA e reforçou que, apesar de genético, o autismo nem sempre será hereditário.

É importante lembrarmos que o autismo não é doença, e por isso não existe nenhum tipo de cura.

O que existem, são intervenções individualizadas que possibilitam à pessoa com autismo se desenvolver, adquirir habilidades sociais e conquistar autonomia e independência durante sua vida.

Vale ressaltar também que, por ser um espectro, não existe uma abordagem única de intervenção para todas as pessoas com autismo, mas sim uma ampla variedade de estratégias que podem ser aplicadas de acordo com o nível de necessidade e suporte (popularmente conhecido como graus de autismo) e também o repertório da pessoa no espectro.

Nunca podemos esquecer que cada criança é única e tem suas singularidades. Por isso, é importante que a equipe envolvida nas intervenções trace estratégias e crie um caminho de desenvolvimento identificando as dificuldades de aprendizagem e habilidades de cada uma para alcançar seus objetivos.

Conheça o plano de saúde Porto Seguro Saúde

logotipo da Porto Seguro Saúde

A Porto Seguro Saúde faz parte de uma das três verticais de negócio do Grupo Porto: Porto Seguros, Porto Saúde e Porto Seguro Bank, que juntas formam um conjunto de soluções de proteção para seus beneficiários.

Com mais de 75 anos de mercado, a empresa consegue criar um ecossistema com diversas soluções para garantir que todo o núcleo familiar tenha segurança e conforto nos processos diários.

Já são mais de 11 milhões de beneficiários espalhados pelo Brasil, com mais de 12 parceiros em sua rede credenciadas e diversos programas de saúde, como:

  • OncoPorto;
  • Mapeamento Eletrônico de saúde;
  • Programa Saúde Emocional;
  • Porto Mais Saudável;
  • Gestante Mais Saudável;
  • Preventivo Coluna;
  • E muito mais.

A Porto Seguro Saúde é reconhecida por oferecer uma cobertura abrangente para tratamentos de saúde, incluindo o TEA.

Se você é um beneficiário Porto Seguro e seu filho foi diagnosticado com autismo, esse texto vai te ajudar a compreender como funciona o tratamento de autismo na Porto Seguro Saúde.

Existe tratamento de autismo na Porto Seguro Saúde?

De acordo com a legislação vigente, as operadoras de planos de saúde precisam oferecer cobertura para as intervenções de Transtornos do espectro autista (TEA).

Isso inclui serviços de avaliação diagnóstica, terapias comportamentais, terapias de fala e linguagem, terapias ocupacionais, fisioterapia e outras estratégias médicas necessárias no desenvolvimento da criança.

O plano de saúde precisa oferecer esse tratamento com serviço próprio ou através de uma rede credenciada, que é o caso da Porto Seguro Saúde!

A rede credenciada da Porto Seguro Saúde garante que as famílias tenham acesso a profissionais qualificados de psicologia, neuropediatria, fonoaudiologia, terapia ocupacional e fisioterapia, que possam fornecer os serviços necessários para a criança no espectro.

Como posso consultar a rede credenciada da Porto Seguro Saúde?

No plano de saúde da Porto Seguro Saúde o beneficiário pode entrar no link da Rede Referenciada para conhecer o time médico Porto Saúde, composto de profissionais altamente qualificados que atendem mais de 40 especialidades e estão localizados em mais de 240 endereços de São Paulo, capital e região metropolitana.

Para isso é preciso:

  • Acessar o site;
  • Selecione a Rede Referenciada de acordo com o segmento (Saúde, Portomed, Rede MediService);
  • Escolher o tipo de plano de saúde contratado;
  • Procurar prestadores próximos à localidade desejada, que pode ser endereço, estado, cidade ou bairro.

Também é possível filtrar a seleção pelo tipo de prestador ou até mesmo rede de emergência. Além disso, os beneficiários que buscam tratamento de autismo na Porto Seguro Saúde podem fazer a busca pelo aplicativo da operadora.

Nesse app, também é possível acompanhar dados de consultas e intervenções, além de pedir reembolso.

A Genial Care como parceira da Porto Seguro Saúde

Oferecemos o atendimento e intervenção a crianças autistas de até 6 anos e 11 meses através da nossa rede de cuidado de saúde atípica especializada no cuidado e desenvolvimento de crianças com TEA e suas famílias.

Unimos modelos terapêuticos avançados, suporte educacional e tecnologia própria para maximizar a qualidade de vida e o bem-estar de todas as pessoas envolvidas no processo de intervenção a partir de mensuração de dados, e menor custo às famílias e aos planos.

Nosso propósito é garantir que toda criança atinja o seu máximo potencial. Hoje contamos com uma rede de avaliação abrangente e integrada da criança e família, intervenção direta na criança em nossas Casas Geniais, locais de atendimento convenientes e orientação para os pais.

Esses serviços são realizados por profissionais dedicados e fazem uso de tecnologias específicas voltadas para o cuidado e desenvolvimento das crianças autistas e suas famílias. Nosso modelo inovador se destaca das clínicas convencionais ao combinar formação profissional, suporte aos pais e uma plataforma tecnológica própria.

Cada criança que chega à Genial Care passa por uma Avaliação Genial, na qual nossa equipe clínica experiente realiza uma avaliação completa das necessidades de desenvolvimento de cada criança e recomenda a carga horária adequada para cada disciplina.

Nossa jornada é marcada pela inovação, proporcionando resultados clínicos e transparência na sua mão. Estamos comprometidos em desenvolver as crianças com autismo, suas famílias e terapeutas, construindo uma rede de cuidado de saúde atípica.

A Genial Care oferece qual tipo de terapia para a criança?

Como uma rede de cuidado de saúde atípica oferecemos intervenções de práticas baseadas em evidências científicas, como a ABA — Análise do Comportamento Aplicada — Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional.

Essas modalidades de terapia são focadas na aprendizagem e comportamento de cada criança, oferecendo estratégias e planos de ação personalizados para seu repertório e necessidade de desenvolvimento.

Criamos um ambiente acolhedor e seguro, onde cada criança é única. Desafiamos os paradigmas existentes e antecipamos o futuro do cuidado, por isso, somos referência em TEA, com rigor clínico e científico. Com a gente, todos podem aprender, inspirando e capacitando cada pessoa a alcançar seu máximo potencial.

É importante ressaltar que, além dessas especialidades, a criança pode e deve continuar com acompanhamentos complementares, como musicoterapiaequoterapia, fisioterapia, entre outros, conforme necessário para seu desenvolvimento integral.

Conclusão

A jornada de intervenções para o autismo é um desafio que demanda dedicação, aprendizado e o acesso a diversos profissionais de saúde e terapeutas especializados.

Para os pais que contam com planos de saúde, como a Porto Seguro Saúde, é possível se beneficiar de uma ampla variedade de recursos e serviços disponíveis para apoiar seus filhos com TEA, como a parceria com a Genial Care.

A cobertura abrangente para diagnóstico, terapia e intervenções torna mais fácil para os pais garantirem o melhor desenvolvimento para o futuro de seus filhos.

Vale ressaltar que, nesse processo, a busca por informações e o diálogo aberto com os profissionais de saúde desempenham um papel fundamental.

 

Conheça nosso atendimento para autismo

Esse artigo foi útil para você?

Cássio usa camiseta com número em alusão ao Autismo Câmara aprova projeto que visa contratação de pessoas autistas Marcos Mion visita abrigo que acolhe pessoas autistas no RS Existem alimentos que podem prejudicar a saúde de pessoas autistas? Escala M-CHAT fica de fora da Caderneta da Criança O que são níveis de suporte no autismo? Segunda temporada de Heartbreak High já disponível na Netflix Símbolos do autismo: Veja quais são e seus significados Dia Mundial de Conscientização do Autismo: saiba a importância da data Filha de Demi Moore e Bruce Willis revela diagnóstico de autismo Lei obriga SUS a aplicar Escala M-chat para diagnóstico de autismo Brinquedos para autismo: tudo que você precisa saber! Dia internacional das mulheres: frases e histórias que inspiram Meltdown e Shutdown no autismo: entenda o que significam Veja o desabafo emocionante de Felipe Araújo sobre seu filho autista Estádio do Palmeiras, Allianz Parque, inaugura sala sensorial Peça teatral AZUL: abordagem do TEA de forma lúdica 6 personagens autistas em animações infantis Canabidiol no tratamento de autismo Genial Care recebe R$ 35 milhões para investir em saúde atípica Se o autismo não é uma doença, por que precisa de diagnóstico? Autismo e plano de saúde: 5 direitos que as operadoras devem cobrir Planos de saúde querem mudar o rol na ANS para tratamento de autismo Hipersensibilidade: fogos de artifício e autismo. O que devo saber? Intervenção precoce e TEA: conheça a história de Julie Dutra Cezar Black tem fala capacitista em “A Fazenda” Dia do Fonoaudiólogo: a importância dos profissionais para o autismo Como é o dia de uma terapeuta ocupacional na rede Genial Care? O que é rigidez cognitiva? Lei sugere substituição de sinais sonoros em escolas do Rio de janeiro 5 informações que você precisa saber sobre o CipTea Messi é autista? Veja porque essa fake news repercute até hoje 5 formas Geniais de inclusão para pessoas autistas por pessoas autistas Como usamos a CAA aqui na Genial Care? Emissão de carteira de pessoa autista em 26 postos do Poupamento 3 séries sul-coreanas sobre autismo pra você conhecer! 3 torcidas autistas que promovem inclusão nos estádios de futebol Conheça mais sobre a lei que cria “Centros de referência para autismo” 5 atividades extracurriculares para integração social de crianças no TEA Como a Genial Care realiza a orientação com os pais? 5 Sinais de AUTISMO em bebês Dia das Bruxas | 3 “sustos” que todo cuidador de uma criança com autismo já levou Jacob: adolescente autista, que potencializou a comunicação com a música! Síndrome de asperger e autismo leve são a mesma coisa? Tramontina cria produto inspirado em criança com autismo Como a fonoaudiologia ajuda crianças com seletividade alimentar? Genial Care Academy: conheça o núcleo de capacitação de terapeutas Como é ser um fonoaudiólogo em uma Healthtech Terapeuta Ocupacional no autismo: entenda a importância para o TEA Como é ser Genial: Mariana Tonetto CAA no autismo: veja os benefícios para o desenvolvimento no TEA Cordão de girassol: o que é, para que serve e quem tem direito Como conseguir laudo de autismo? Conheça a rede Genial para autismo e seja um terapeuta de excelência Educação inclusiva: debate sobre acompanhantes terapêuticos para TEA nas escolas Letícia Sabatella revela ter autismo: “foi libertador” Divulgação estudo Genial Care O que é discalculia e qual sua relação com autismo? Rasgar papel tem ligação com o autismo? Quem é Temple Grandin? | Genial Care Irmãos gêmeos tem o mesmo diagnóstico de autismo? Parece autismo, mas não é: transtornos comumente confundidos com TEA Nova lei aprova ozonioterapia em intervenções complementares Dicas de como explicar de forma simples para crianças o que é autismo 5 livros e HQs para autismo para você colocar na lista! Como é para um terapeuta trabalhar em uma healthcare? Lei n°14.626 – Atendimento Prioritário para Pessoas Autistas e Outros Grupos Como fazer um relatório descritivo? 7 mitos e verdades sobre autismo | Genial Care Masking no autismo: veja porque pessoas neurodivergentes fazem Como aproveitar momentos de lazer com sua criança autista? 3 atividades de terapia ocupacional para usar com crianças autistas Apraxia da fala (AFI): o que é e como ela afeta pessoas autistas Por que o autismo é considerado um espectro? Sala multissensorial em aeroportos de SP e RJ 18/06: dia Mundial do orgulho autista – entenda a importância da data Sinais de autismo na adolescência: entenda quais são Diagnóstico tardio da cantora SIA | Genial Care Autismo e futebol: veja como os torcedores TEA são representados MMS: entenda o que é o porquê deve ser evitada Tem um monstro na minha escola: o desserviço na inclusão escolar Autismo e esteriótipos: por que evitar associar famosos e seus filhos Diagnóstico tardio de autismo: como descobrir se você está no espectro? Autismo e TDAH: entenda o que são, suas relações e diferenças Eletroencefalograma e autismo: tudo que você precisa saber Neurodivergente: Saiba o que é e tire suas dúvidas Como ajudar crianças com TEA a treinar habilidades sociais? Prevalência do autismo: CDC divulga novos dados Show do Coldplay: momento inesquecível para um fã no espectro Nova temporada de “As Five” e a personagem Benê Brendan Fraser e seu filho Griffin Neuropediatra especializado em autismo e a primeira consulta Dia da escola: origem e importância da data comemorativa Ecolalia: definição, tipos e estratégias de intervenção Park Eun-Bin: descubra se a famosa atriz é autista Síndrome de Tourette: entenda o que aconteceu com Lewis Capaldi 10 anos da Lei Berenice Piana: veja os avanços que ela proporcionou 7 passos para fazer o relatório descritivo da criança com autismo Diagnóstico tardio de autismo: conheça a caso do cantor Vitor Fadul