Genial Care

Pesquisar
Dias
Horas
Minutos
duas mulheres terapeutas da genial care sorrindo

Treinamento de Terapeutas na Rede Genial: excelência terapêutica e rigor clínico

Na Genial Care, somos focados em proporcionar suporte de alta qualidade para pessoas com autismo e suas famílias. E um dos pilares fundamentais desse compromisso é o cuidado com a seleção e treinamento de terapeutas.

Entendemos que cada pessoa com autismo é única e merece um atendimento personalizado às suas necessidades e singularidades.

É por isso que nosso processo de seleção de terapeutas é minucioso, garantindo a contratação de profissionais apaixonados e altamente qualificados. Buscamos pessoas que estejam comprometidas em fazer a diferença e que possuam empatia, paciência e habilidades de comunicação efetiva.

Neste artigo, vamos mergulhar no processo de seleção e capacitação desses profissionais da Rede Genial de Terapeutas. Confira tudo!

O que é a Rede Genial?

terapeuta com criança em sala de integração sensorial
Terapeuta Genial Care

Existimos para que toda pessoa atinja seu máximo potencial. Isso quer dizer que nos preocupamos com o desenvolvimento de todos que estão envolvidos no processo de intervenção, desde crianças e famílias até nossos profissionais clínicos.

Somos uma rede de cuidado de saúde atípica referência na América Latina. Especializada no cuidado e desenvolvimento de crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) e suas famílias.

Dessa forma, a Rede Genial é uma rede de terapeutas referência em intervenções para crianças com autismo. Temos profissionais de várias especialidades, como psicologia, terapia ocupacional e fonoaudiologia, motivados por desafio e que querem transformar o cenário do autismo no Brasil.

Esses terapeutas são a Rede Genial. Aqui, nossa preocupação é em selecionar e treinar profissionais que tenham um conjunto de determinadas habilidades interpessoais e que estão em constante busca por desenvolvimento pessoal e profissional, mas também que são engajados e querem ser agentes de mudança.

Para apoiá-los nesse propósito, e garantir que todas as crianças atendidas pela Genial Care atinjam seu máximo potencial, oferecemos alguns recursos aos nossos profissionais:

  • Modelos terapêuticos avançados;
  • Suporte educacional constante;
  • Formação continuada e treinamentos constantes
  • Orientação clínica com as mais competentes profissionais do mercado;
  • Ferramentas e tecnologias próprias que ajudam terapeutas a foque no que é mais importante: o resultado da intervenção das crianças.

O processo de seleção de terapeutas da Rede Genial

Buscamos profissionais clínicos que desejam revolucionar o jeito de cuidar e desenvolver pessoas neurodivergentes. Assim, desde o começo do processo, temos muito cuidado em avaliar profissionais que têm interesse em fazer parte da Rede Genial.

Para garantir a oportunidade de conhecer talentos clínicos dispostos a embarcar nesta missão, temos um banco de talentos para envio de currículos que serão analisados pela nossa equipe interna.

criança e terapeuta ocupacional brincando

Nesta etapa, também perguntamos qual o melhor local para atendimento. Isso porque temos mais 6 locais de atendimento próprio, nossas Casas Geniais. Com isso, conseguimos garantir o melhor deslocamento possível das famílias e terapeutas da cidade de São Paulo e região metropolitana.

Também nos preocupamos em garantir alinhamento de disponibilidade desde o começo. Por isso, trabalhamos com um modelo de Combinação de Agendas, na qual os terapeutas montam sua própria agenda de atendimento.

Isso permite maior autonomia e flexibilidade para escolher os horários de atendimento que desejam direto no nosso Painel Clínico, de acordo com a disponibilidade das famílias.

Depois disso, os terapeutas recebem contatos da Genial Care e verificam a possibilidade de participação do nosso curso inicial, prático, imersivo e inovador. Nele queremos aprimorar as habilidades e conhecimentos em intervenções com rigor clínico para pessoas com TEA.

Aqui oferecemos informações mais recentes, que contribuem para o seu sucesso profissional na área. Com 5 módulos, 15 horas online e prática online síncrona com nossos profissionais clínicos especializados em formação para terapeutas.

Na sequência, o time de People da Genial Care irá conduzir mais algumas etapas para garantir que todos os terapeutas estejam alinhados com a nossa missão e possam transformar o cenário de autismo no Brasil.

Sabemos da importância de formações continuadas recorrentes

Realizamos um treinamento de especialização assim que um terapeuta começa na Rede Genial e depois garantimos mentorias e novas formações continuadas ao longo da sua jornada.

É aqui que profissionais recebem todo conhecimento necessário para atuar na Genial Care, como informações essenciais das três disciplinas (Psicologia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional), um pouco mais sobre cada uma das profissões e a atuação delas para as crianças atingirem seu máximo potencial.

Essa etapa é muito importante porque promovemos o ensino de habilidades por meio de cursos. Isso prepara os profissionais clínicos com diferentes níveis de experiência no mercado para atuar com o nível de qualidade esperado por nós.

Todos os treinamentos são constantes e aprimorados para que os profissionais consigam se desenvolver em diferentes fases da carreira.

Assim, oferecemos uma jornada de aprendizado ativa nas práticas baseadas em evidências. Bem como, treinamentos desenhados por especialistas e metodologia prática focada em habilidades e conhecimentos.

Os cursos oferecidos pelo nosso núcleo de capacitação interno abrangem tópicos relevantes, como as mais recentes abordagens terapêuticas, estratégias de comunicação eficazes e técnicas de manejo comportamental.

Entendemos que tudo isso contribui para um atendimento mais eficaz e individualizado para as crianças com autismo, possibilitando o desenvolvimento de habilidades sociais, comunicativas e cognitivas para terem mais qualidade de vida.

Feedback constante e supervisão no aprimoramento de terapeutas

Outro ponto importante é que a prática de Radical Candor é um pilar essencial de nossa cultura.

Isso significa que acreditamos que o feedback sincero, assertivo e estruturado é fundamental para o desenvolvimento do nosso time corporativo e profissionais clínicos.

O processo de feedback na Rede Genial é cuidadosamente elaborado e focado no crescimento profissional.

Assim, terapeutas recebem feedbacks regulares de seus supervisores e colegas de equipe com ênfase no reconhecimento de seus pontos fortes e oportunidades de melhoria.

Essa abordagem encoraja um ambiente de aprendizado contínuo e estimula o desenvolvimento pessoal e profissional.

Além disso, nossos profissionais são acompanhados de perto por pessoas Orientadoras Geniais, especialistas que fornecem suporte e orientação no dia a dia.

Esses orientadores são mentores e guias que ajudam terapeutas a enfrentar desafios específicos, a aprimorar suas habilidades técnicas e a crescer em sua prática terapêutica.

Assim, a supervisão proporciona um apoio valioso e fortalece a confiança e a competência dos terapeutas da Rede Genial.

Vozes de Excelência: depoimentos inspiradores da Rede Genial

Conheça as histórias inspiradoras de terapeutas que estão fazendo a diferença na Rede Genial. Naiade Camilo, terapeuta ABA na Genial, compartilha sobre a importância do treinamento na sua rotina de trabalho.

“O treinamento foi muito bom para relembrar muitas coisas e aprender coisas novas, trocar experiências, refletir sobre a minha prática clínica, de um modo que me fez querer melhorar a cada vez mais. Além disso, o acolhimento foi super importante também, me fazendo ficar à vontade e conseguir realmente demonstrar o que eu sei”.

“O acompanhamento da minha orientadora genial tem sido importante, pois tenho focado no que eu preciso melhorar e em como podemos melhorar a intervenção. Sinto que tenho um espaço seguro, onde posso levar o que estou pensando sem pensar em julgamentos ou críticas e não fico com medo de discordar de algo. É um espaço de apoio, que faz o trabalho ficar mais leve e saudável, e fico feliz de poder pensar na minha carreira a longo prazo, até onde quero chegar e o que eu preciso para que isso aconteça. Sinto que tenho oportunidade para crescer junto com a Genial Care”, conta.

Já Paula Cantero, fonoaudióloga da Rede Genial, destaca a importância das formações continuadas na sua rotina, principalmente a focada na prática do Brincar.

“Quando pensamos na palavra Brincar, acreditamos que é algo simples, pois durante a infância era algo rotineiro e prazeroso. Porém, quando você está em outra posição, a de terapeuta, e tem o privilégio de estudar sobre essa ferramenta INCRÍVEL, tudo se torna mais claro. Ao observar uma criança brincando e avaliar qual é o nível de brincar em que ela se encontra, nos traz segurança para seguir os próximos passos. Foi um privilégio realizar o curso do Brincar, pois acredito que muitos lugares não proporcionam essa incrível jornada de estudos para os terapeutas”.

Naiade e Paula são exemplos reais do compromisso da Rede Genial em oferecer um ambiente de crescimento profissional e excelência no atendimento terapêutico.

Seus depoimentos refletem o comprometimento da Genial Care em capacitar terapeutas e impactar positivamente as vidas das famílias que atendemos.

Junte-se a nossa Rede Genial e revolucione as intervenções para crianças com autismo:

profissional clínica assoprando bolhas de sabão com menino feliz ao lado

Conheça nosso atendimento para autismo

Esse artigo foi útil para você?

Cássio usa camiseta com número em alusão ao Autismo Câmara aprova projeto que visa contratação de pessoas autistas Marcos Mion visita abrigo que acolhe pessoas autistas no RS Existem alimentos que podem prejudicar a saúde de pessoas autistas? Escala M-CHAT fica de fora da Caderneta da Criança O que são níveis de suporte no autismo? Segunda temporada de Heartbreak High já disponível na Netflix Símbolos do autismo: Veja quais são e seus significados Dia Mundial de Conscientização do Autismo: saiba a importância da data Filha de Demi Moore e Bruce Willis revela diagnóstico de autismo Lei obriga SUS a aplicar Escala M-chat para diagnóstico de autismo Brinquedos para autismo: tudo que você precisa saber! Dia internacional das mulheres: frases e histórias que inspiram Meltdown e Shutdown no autismo: entenda o que significam Veja o desabafo emocionante de Felipe Araújo sobre seu filho autista Estádio do Palmeiras, Allianz Parque, inaugura sala sensorial Peça teatral AZUL: abordagem do TEA de forma lúdica 6 personagens autistas em animações infantis Canabidiol no tratamento de autismo Genial Care recebe R$ 35 milhões para investir em saúde atípica Se o autismo não é uma doença, por que precisa de diagnóstico? Autismo e plano de saúde: 5 direitos que as operadoras devem cobrir Planos de saúde querem mudar o rol na ANS para tratamento de autismo Hipersensibilidade: fogos de artifício e autismo. O que devo saber? Intervenção precoce e TEA: conheça a história de Julie Dutra Cezar Black tem fala capacitista em “A Fazenda” Dia do Fonoaudiólogo: a importância dos profissionais para o autismo Como é o dia de uma terapeuta ocupacional na rede Genial Care? O que é rigidez cognitiva? Lei sugere substituição de sinais sonoros em escolas do Rio de janeiro 5 informações que você precisa saber sobre o CipTea Messi é autista? Veja porque essa fake news repercute até hoje 5 formas Geniais de inclusão para pessoas autistas por pessoas autistas Como usamos a CAA aqui na Genial Care? Emissão de carteira de pessoa autista em 26 postos do Poupamento 3 séries sul-coreanas sobre autismo pra você conhecer! 3 torcidas autistas que promovem inclusão nos estádios de futebol Conheça mais sobre a lei que cria “Centros de referência para autismo” 5 atividades extracurriculares para integração social de crianças no TEA Como a Genial Care realiza a orientação com os pais? 5 Sinais de AUTISMO em bebês Dia das Bruxas | 3 “sustos” que todo cuidador de uma criança com autismo já levou Jacob: adolescente autista, que potencializou a comunicação com a música! Síndrome de asperger e autismo leve são a mesma coisa? Tramontina cria produto inspirado em criança com autismo Como a fonoaudiologia ajuda crianças com seletividade alimentar? Genial Care Academy: conheça o núcleo de capacitação de terapeutas Como é ser um fonoaudiólogo em uma Healthtech Terapeuta Ocupacional no autismo: entenda a importância para o TEA Como é ser Genial: Mariana Tonetto CAA no autismo: veja os benefícios para o desenvolvimento no TEA Cordão de girassol: o que é, para que serve e quem tem direito Como conseguir laudo de autismo? Conheça a rede Genial para autismo e seja um terapeuta de excelência Educação inclusiva: debate sobre acompanhantes terapêuticos para TEA nas escolas Letícia Sabatella revela ter autismo: “foi libertador” Divulgação estudo Genial Care O que é discalculia e qual sua relação com autismo? Rasgar papel tem ligação com o autismo? Quem é Temple Grandin? | Genial Care Irmãos gêmeos tem o mesmo diagnóstico de autismo? Parece autismo, mas não é: transtornos comumente confundidos com TEA Nova lei aprova ozonioterapia em intervenções complementares Dicas de como explicar de forma simples para crianças o que é autismo 5 livros e HQs para autismo para você colocar na lista! Como é para um terapeuta trabalhar em uma healthcare? Lei n°14.626 – Atendimento Prioritário para Pessoas Autistas e Outros Grupos Como fazer um relatório descritivo? 7 mitos e verdades sobre autismo | Genial Care Masking no autismo: veja porque pessoas neurodivergentes fazem Como aproveitar momentos de lazer com sua criança autista? 3 atividades de terapia ocupacional para usar com crianças autistas Apraxia da fala (AFI): o que é e como ela afeta pessoas autistas Por que o autismo é considerado um espectro? Sala multissensorial em aeroportos de SP e RJ 18/06: dia Mundial do orgulho autista – entenda a importância da data Sinais de autismo na adolescência: entenda quais são Diagnóstico tardio da cantora SIA | Genial Care Autismo e futebol: veja como os torcedores TEA são representados MMS: entenda o que é o porquê deve ser evitada Tem um monstro na minha escola: o desserviço na inclusão escolar Autismo e esteriótipos: por que evitar associar famosos e seus filhos Diagnóstico tardio de autismo: como descobrir se você está no espectro? Autismo e TDAH: entenda o que são, suas relações e diferenças Eletroencefalograma e autismo: tudo que você precisa saber Neurodivergente: Saiba o que é e tire suas dúvidas Como ajudar crianças com TEA a treinar habilidades sociais? Prevalência do autismo: CDC divulga novos dados Show do Coldplay: momento inesquecível para um fã no espectro Nova temporada de “As Five” e a personagem Benê Brendan Fraser e seu filho Griffin Neuropediatra especializado em autismo e a primeira consulta Dia da escola: origem e importância da data comemorativa Ecolalia: definição, tipos e estratégias de intervenção Park Eun-Bin: descubra se a famosa atriz é autista Síndrome de Tourette: entenda o que aconteceu com Lewis Capaldi 10 anos da Lei Berenice Piana: veja os avanços que ela proporcionou 7 passos para fazer o relatório descritivo da criança com autismo Diagnóstico tardio de autismo: conheça a caso do cantor Vitor Fadul