Mitos e verdades do autismo

Quais são os mitos e verdades do autismo? Ao longo do tempo, surgem diversas informações sobre o TEA, seu surgimento, causas e até formas de tratamento que podem ou não ser verdade. Ainda assim, são informações que se espalham rapidamente, atingindo um grande número de pessoas e causando alarde e pânico em muitas famílias que convivem com o autismo no Brasil e no mundo. Alguns desses mitos são antigos. Como "autismo é causado pela falta de amor das mães", "vacina causa autismo", "toda pessoa com autismo é muito inteligente", entre outros. E mesmo assim continuam a causar desinformação por onde chegam. O caso das vacinas, por exemplo, surgiu no final dos anos 1990. E mesmo tendo sido desmentido diversas vezes, ainda causa problemas quando famílias em diversos lugares do mundo insistem em não vacinar as crianças com medo de que elas desenvolvam o TEA. Esse é apenas um dos muitos casos de mitos do autismo que causam desinformação. Existem muitos - e mais sérios - do que esse. Mas como saber se uma informação sobre autismo é verdadeira ou não? O primeiro passo é buscar por fontes de informação confiáveis e sempre se basear na ciência e em profissionais qualificados para tirar dúvidas e aprender mais sobre o TEA. Nesta seção, falamos mais sobre os mitos e verdades do autismo, trazendo a história por trás de cada um deles, as suposições e também a verdade que permeia cada um. Somente com informação de qualidade se desconstrói e derruba um mito que causa problemas a muitas famílias. Veja nosso conteúdo disponível aqui ;)

Qual é a sua relação com a criança autista?*