#COVID-19: crie novas brincadeiras dentro de casa!
Tempo de leitura: 5 minutos

Esse texto teve a colaboração de Dinara Souza, Terapeuta Ocupacional, fundadora da MakingSense e colaboradora no ambulatório de Autismo da Unifesp.


Estamos todos nos adaptando com a chegada do novo coronavírus. Mais especificamente, sabemos que as famílias com crianças diagnosticadas com TEA têm o desafio de adaptar suas rotinas e, ao mesmo tempo, manter a evolução das crianças. Para isso, é importante que a criança continue brincando, mesmo dentro de casa.

O autismo está relacionado a alterações e prejuízo na comunicação e em atividades motoras, e as brincadeiras são uma parte essencial de qualquer metodologia terapêutica; portanto, mantê-las em atividades que estimulem a comunicação ou atividades motoras é essencial nesse momento. 

Para te ajudar, separamos algumas ideias de brincadeiras para fazer em casa.

Entenda nesse post, a importância do brincar.

Atividades para fazer dentro de casa

Organizar e auxiliar nas tarefas da casa
As ideias de organização são variadas, mas as atividades podem variar desde dobrar guardanapos para a refeição em família, ordenar a estante de livros em ordem alfabética ou por tamanho, organizar objetos da sala, recolher a roupa suja e colocá-la no cesto para lavar, dobrar as cobertas da sua cama, colocar a mesa para as refeições (pratos e talheres para todos as pessoas que estão em casa), recolher o lixo dos banheiros e colocar em um único saco de lixo, entre outras.


Origami
Aqui tudo que você precisa é de papel e instruções. É fácil encontrar instruções online que manterão as crianças entretidas ao mesmo tempo em que aprendem uma nova habilidade. No caso de crianças com dificuldade de coordenação dos movimentos nas mãos (motricidade fina), nossa sugestão é começar com peças simples, com um barco ou chapéu, e, se for o caso, oferecer ajuda física para não frustrá-la durante a execução da atividade.


Desenhar os elementos da natureza
Mesmo dentro de casa, estamos rodeados de objetos interessantes. Por exemplo, uma teia de aranha no quintal, as veias de uma folha em uma planta de um vaso ou as nuvens no céu são elementos realmente incríveis e podem ser reproduzidos com um papel e canetinhas. Para tornar a atividade mais interessante, você pode colar folhas de papel cartolina na parede e pedir para as crianças desenharem em diferentes planos (vertical e horizontal).


Dar banho no cachorro
Dar banho no seu cachorro é uma ótima oportunidade para reforçar a higiene (durante o Covid-19), e também para estimular movimentos e o cuidado com os animais. Solicite que a criança esfregue os pelos do cachorro com seus dedinhos, assim ela terá contato com a textura dos pêlos. Aproveite e estimule a criança para nomear as parte do corpo do cachorro.


Lavar o carro
Lavar o carro na garagem também é uma ótima ideia, uma atividade que estimula muito o movimento e o aprendizado das crianças. Descobrir todas as partes do carro e deixá-lo limpinho pode ser divertido.


Plantar e acompanhar o crescimento da planta
Essa é uma ótima oportunidade para plantar uma semente e acompanhar a evolução da plantinha. Uma recomendação fácil é plantar brotos de feijão em casa.


Pintura a dedo
Apenas com tinta de dedo e papel é possível se divertir. Claro, aqui é preciso forrar o chão e tomar cuidados com a limpeza da casa.


Fazer um colar de miçangas
Caso você tenha miçangas e barbantes em casa, é possível brincar para fazer colares ou pulseiras. Se for possível comprar mais de uma cor de miçanga, pode ser uma ótima ideia criar sequências de cores com as miçangas.


Brincar com bolhas de sabão
Apenas com um arame (pode ser de um cabide velho que você tenha) é possível fazer bolhas de sabão. Experimente e observe as bolhas, são lindas!


Criar um castelo de cartas
Com cartas de baralho é possível e bem desafiador criar castelos e construções. Pode ser uma ótima ideia de brincadeira, também!


Alinhar os blocos do dominó e observa-os cair
Quem nunca brincou de ordenar peças de dominó e observá-los caindo? É sempre divertido organizar as peças em diferentes caminhos, e claro, vê-las caindo!


Construir uma ponte com palito de dente
Caso você tenha ou possa comprar palitos de sorvete e cola, essa é uma ótima ideia para estimular a criatividade e até conceitos de arquitetura ou engenharia.


Montar um quebra-cabeça
Muitas vezes temos um velho quebra cabeças na gaveta de casa. É sempre desafiador e recompensador montá-lo. Estimula a concentração e a habilidade visual e espacial.


Fazer arte com materiais reciclados
Faça uma colagem usando figuras e palavras recortadas de revistas antigas. Para estimular ainda mais seu filho, deixe que ele separe imagens de sua preferência, ou se preferir crie uma escultura com materiais recicláveis.

Você pode se interessar também:

Conheça a voz de Kmylla

Kmylla só recebeu o diagnóstico de autismo aos 27 anos. Agora, compartilha com outras pessoas seu modo diferente de pensar e agir, além de conscientizar sobre o tema.